Homem de 21 anos é morto a tiros dentro de carro em Viamão

Polícia Civil diz que vítima era motorista de aplicativo, mas ainda não esclareceu se trabalhava no momento do crime. Testemunhas relataram que viram três pessoas correndo após os disparos.

Um homem de 21 anos foi morto a tiros dentro de um carro na manhã desta quinta-feira (10) em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Testemunhas relataram à polícia que viram uma mulher e dois homens saindo de um carro correndo após os disparos. A Polícia Civil informou que a vítima era motorista de aplicativo, mas ainda não esclareceu se estava trabalhando no momento do crime.

A família pediu para que a identidade da vítima, que é moradora de Viamão, não fosse divulgada, conforme informou a Brigada Militar. A área onde ocorreu o crime foi isolada, na Rua Ramiro Cardoso de Fraga, no bairro Vila Augusta, para o trabalho de perícia.

O homem foi atingido na cabeça. Nenhum suspeito foi localizado.

“Foi encontrado com a vítima celular e dinheiro”, disse o tenente-coronel André Feliú, que esteve no local. “Se houve roubo não tem como confirmar, a Polícia Civil vai fazer a investigação”, completou.

Mais cedo, também nesta quinta, um motorista de aplicativo foi baleado durante um assalto na ERS-118, em Gravataí, também na Região Metropolitana. Ele foi levado em uma ambulância do Samu para o hospital.

Motorista de aplicativo foi baleado durante assalto em Gravataí — Foto: Estêvão Pires/ RBS TV

Motorista de aplicativo foi baleado durante assalto em Gravataí — Foto: Estêvão Pires/ RBS TV

O motorista, de 30 anos, teria entregado o carro e descido do veículo. Ao tentar sair a pé do local, foi baleado por um dos criminosos. Ele trabalha para a Uber e a 99.

Em nota, a Uber informou que a segurança é prioridade para a empresa e que “todo e qualquer caso de violência é grave – e mesmo um único incidente já é demais. Por isso a empresa está sempre avaliando e estudando novas medidas que possam contribuir com a segurança de seus usuários e motoristas parceiros.”

A empresa 99 também se manifestou. “A 99 informa que está apurando o ocorrido. A empresa se solidariza com a vítima e lamenta profundamente esse e qualquer caso de violência. O aplicativo se encontra aberto a colaborar com as autoridades.”

De acordo com informações Associação Liga dos Motoristas de Aplicativos (Alma), cinco trabalhadores mortos durante o serviço nos últimos seis meses no estado, sem contabilizar o caso de Viamão.

Fonte: G1

Compartilhe
  • 24
  •  
  •  
  •  
  •  
    24
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*