Iluminação da Tiaraju depende de liberação de documento da Caixa, para prefeitura terminar a obra

A obra de iluminação da pista de eventos na Avenida Tiaraju teve um custo estimado em 250 mil reais e desde o ano passado está parada. A empresa licitada para fazer a obra deixou o trabalho, pela metade, e nunca mais apareceu desde outubro de 2018.
Agora a prefeitura aguarda um documento oficial da Caixa Federal para finalizar a obra. Em contato com a engenheira eletricista Diretora de Iluminação, Nathalie Lunardi, ela disse que com o documento em mãos haverá liberação para finalizar a obra sem ter que devolver dinheiro da parte que já foi feita para a União.
Conforme apurado pela reportagem, o restante do valor retorna para os cofres do Governo Federal.
A empresa vencedora da licitação não recebeu o valor por não ter executado o serviço. De acordo com a engenheira Nathalie, em hipótese nenhuma a prefeitura pode finalizar a obra sem autorização da Caixa, que envolva recursos oriundos de emenda parlamentar.
De acordo com o prefeito Márcio Amaral, a obra será finalizada com recursos próprios. A empresa deixou de receber 45 mil e mais uma caução de 12 mil que ficou retida. A diretora de iluminação ainda não orçou o valor a ser gasto. Quando entrar no canteiro de obras é que vai ser possível estipular valores.
A princípio a mão de obra é própria do Governo Municipal, os gastos serão com materiais elétricos como cabos, aterramento, conectores, fita isolante, e outros materiais além do acionamento elétrico e proteção.

Compartilhe
  • 84
  •  
  •  
  •  
  •  
    84
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*