Interdição da Borges de Medeiros provoca mudanças e supressão de horários no transporte coletivo

Com o bloqueio da Ponte Borges de Medeiros, novamente, surgiu o impasse quanto ao transporte coletivo. No início desta tarde, uma reunião entre os proprietários das empresas Nogueira e Vaucher, João Nogueira e Gilson Vaucher, com o Secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Luciano Pereira e o Prefeito Márcio Amaral, teve o objetivo de um esclarecimento quanto aos custos e inviabilidade de realizar o transporte pela BR 290. Os empresários alegaram que o custo é muito alto, além dos riscos aos funcionários e passageiros pelo intenso movimento na rodovia. Também, questionaram o fato de que não há cinto de segurança e que os motoristas não têm autorização para trafegar na rodovia.

Depois de mais de uma hora de tratativas ficou acordado que será disponibilizado aos empresários uma Ordem de Serviço que vai autorizar o tráfego dos ônibus na BR 290. Em contato com os PRFs houve um consenso quanto à situação atual.

Atente para as alterações: hoje e sexta-feira até às 21h30min., no sábado até às 19h e no domingo não haverá transporte coletivo.

O Secretário, Luciano Pereira, comentou que diante da calamidade que o município atravessa, face a enchente, é necessário que a população tenha compreensão quanto a possíveis atrasos nos horários de ônibus, pois agora será de 1h40min. o percurso, devido ao trajeto.

Flaviane Antolini Favero

Compartilhe
  • 426
  •  
  •  
  •  
  •  
    426
    Shares
Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*