“Jornal Nacional” comete gafe mundial na cobertura de atentado na França

O “Jornal Nacional” do último dia 9 de janeiro cometeu uma gafe internacional. Em uma matéria acerca do atentado terrorista na França, o correspondente André Luiz Azevedo exibiu um pôster daquela que seria a próxima capa do jornal “Charles Hebdo”, a circular na semana que vem. No entanto, a produção que tinha em mãos era de uma publicação do semanário para 3 de novembro de 2011.

“E por causa do lugar em que eu estava, no centro da Redação, acabei recebendo a tarefa de mostrar para os colegas a nova capa. Com o humor de sempre, os chargistas brincam: é preciso salvar o Charlie”, disse o correspondente da Globo segurando a capa da edição de 2011.

Na página do “Jornal Nacional”, a Globo admitiu o erro ainda na noite de sexta-feira e pediu desculpas. “Correção: Na edição desta sexta-feira, nós mostramos uma capa como sendo a da próxima edição do jornal ‘Charlie Hebdo’, que circulará na semana que vem na França, com um milhão de exemplares. Na verdade, essa é a capa de uma edição histórica feita em 2011 depois de outro ataque ao Charlie Hebdo, quando o jornal, como agora, foi também editado no Libération. Daí a confusão, pela qual pedimos desculpas”, publicou.

mini

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *