Lar Santa Terezinha e Creche Menino Jesus ainda sem receber convênios

O Lar Santa Terezinha que assiste crianças na sede da Promorar e a creche Menino Jesus, no centro, ainda não receberam os repasses de verbas do Município .

As servidoras das duas unidades estão trabalhando sem receber desde o início do ano. Porém, as crianças são atendidas normalmente com alimentos da Divisão de Merenda da Prefeitura .

Luciano Leães que cuida das prestações de contas e gestão administrativa dos convênios, explica que devido à reoordenação no orçamento houve o atraso na formalização dos convênios e o documento vai à votação na sessão do dia 16 de abril, para depois serem liberados os valores.

Ele tem se debatido atrás da agilização da aprovação dos repasses.

Como as duas entidades também estavam com pendências fiscais e tributárias federais, a  Juiz Lilian Frazmann concedeu segurança no processo impetrado, considerando a relevância e interesse público.

 

A água foi paga por um colaborador, diz Leães e a conta da luz tiveram que ingressar judicialmente para não cortar.

As duas unidades juntas atendem 150 crianças de famílias de baixa renda que precisam trabalhar.  O valor mensal de repasse para a creche na Promorar é de 11 mil e para a Menino Jesus, no centro, é de cinco mil.

 Vera Soares Pedroso

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.