Lieber Oliveira, a voz aveludada de mais um talento alegretense

Ele tocou com grandes músicos. A seleta lista inclui: Ah Mr Dan, Thiago Soares, Gamadinho, Samuca (ex vocalista do Samba Livre), Grupo Swing e Simpatia e nada menos nada mais que Tiee, referências no samba e pagode.

“Para mim foi um sonho realizado. Só agradeço a Deus por tudo isso”, declara o alegretense Lieber Oliveira, atual vocalista do Grupo A+.

Lieber Oliveira, se criou no Bairro Assunção, filho do casal Lieber Ramires Vargas e Emilene Ramos De Oliveira. O jovem de 19 anos, possui na voz um talento nato para cantar, especialmente os gêneros samba e pagode.

Desde guri, aos 3 anos, a mãe Emilene, conta que o filho fazia uma bateria com as panelas da casa. Quando ele tocava as tias pediam para ele cantar.

Não deu outra, o talento nato emergiu e ganhou casas e bares noturnos de Alegrete. Com 16 anos, já cantava em seu primeiro grupo de pagode, Grupo Evidencias. O grupo acabou e não tardou muito para receber um convite dos amigos Pablo Arnout e Alex Lele – nascia o novo vocalista do grupo alegretense A+.

O Portal Alegrete Tudo, bateu um papo com o vocalista que só confirmou o talento para a música. Confira:

Portal: Você tem cantado em várias casa noturnas da cidade. Como está o teu trabalho frente ao Grupo A+ ?

Lieber: Hoje, com muita alegria estou cantando sim, em várias casas noturnas da cidade. O meu trabalho à frente do grupo como vocalista está sendo muito bom e prazeroso.

Portal: Da onde vem esse dom de cantar ? Lieber: Esse dom vem de Deus. Ele me abençoou com esse dom e o talento. Agradeço todos os dias por isso.

Portal: Quais são tuas referências na música ?

Lieber: Ah. Minha referência na música é Luciano Becker (Swing & Simpatia) e Péricles. O Luciano pelo carisma e Péricles, não tem o que falar né. O homem é monstro (risos).

Portal: Qual o estilo de música do vocalista Lieber ?

Lieber: Sem dúvida. Pagode e Samba são meus estilos preferidos e adotados por onde quer que eu vá.

Portal: Já cantaste ao lado de feras conhecidas nacionalmente no gênero pagode e samba. Qual foi o momento mais marcante até agora ?

Lieber: Sim. Com muita alegria já cantei com várias feras, que considero ícones: Tiee, Samuca ( ex vocalista do Samba Livre). Mas o que marcou mesmo, foi eu ter cantado com meus ídolos do Swing e Simpatia, foi deles o primeiro pagode que escutei. A canção “Me Redimir”, fez parte das melhores canções que já ouvi e com muita alegria, tive a honra de cantar com eles essa canção que adoro.

Portal: Como anda o cenário na noite alegretense. O cachê ajuda ?

Lieber: Cara. Tá bem aconchegante, bastante pessoas novas curtindo pagode e presente nas festas. A galera tá indo mais pra fazer festa e não brigar. Teve um tempo que estava meio complicado. Agora está muito bom. Pessoal apoiando a música na cidade. Muitas opções para tocar, e o cachê ajuda bastante sim. Já conquistei muitas coisas com os trocados. (risos).

Portal: Quais os planos para 2019 ?

Lieber: Trabalhar sempre mais e focar no ano de 2019, que já iniciou muito bom.

Portal: Tu tens apenas 19 anos, já pensas em investir na carreira musical ou tem outros planos paralelos ?

Lieber: Eu estou pensando mais na carreira musical, pois meu sonho é ser músico profissional, espero chegar lá um dia.

Portal: Como vocalista sempre atende pedidos da galera em show ou no barzinho? E qual o “hino” do Lieber ? Lieber: Uma coisa eu sempre digo. Quem manda é a galera, quando pedem música nos atendemos muito. Meu hino, bom até agora não tinha pensado nisso. Mas te digo, “Deus é Maior”, com o mestre Xandy de Pilares.

Portal: Qual a maior dificuldade que tu consideras em ser músico no interior do RS ?

Lieber: Cara, é, às vezes a falta de oportunidade. Tem muita gente com um talento enorme, mas o que falta pra eles é oportunidade. Agradeço o Portal Alegrete Tudo, por essa oportunidade. Imensamente agradecido por ter batido um papo com vocês.

Júlio Cesar Santos Fotos: Dedé Lopes e Arquivo Pessoal

Compartilhe
  • 1.5K
  •  
  •  
  •  
  •  
    1.5K
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*