Mais dois menores, acusados de co-autores no crime da Promorar, são recolhidos à CASE

Mais dois acusados no envolvimento da morte de Cristiane Silva dos Santos,15 anos, no dia 18 de janeiro, no Campo da Antena, foram apreendidos e encaminhados à CASE.

IMG-20160419-WA0122

Uma guarnição da BM, através do GOE, em apoio ao oficial de justiça cumpriu mandado de busca e apreensão dos dois menores de 17 anos. Um deles estava em frente a residência, onde mora com os pais, e o outro na quadra de esporte do bairro Nilo Soares Gonçalves.

Desde que aconteceu o crime, considerado bárbaro pela motivo fútil e forma cruel, há cerca de três meses, três pessoas foram presas e quatro menores apreendidos. Uma das adolescentes de 14 anos, que foi encaminhada à CASEF, dois dias depois do assassinato, está em liberdade.

No dia 28 de janeiro uma das audiência com os acusados como autores e co-autores durou aproximadamente cinco horas, que também contou com a presença do Delegado Marcelo Pacheco, da promotora Julia Flores Schutt, da Juiza da Infância e Juventude Lilian Franzmann, advogados dos acusados e testemunhas. Os depoimentos revelaram contradições e indicaram novos rumos nas investigações.

Dos sete, a única que confessou o crime foi a mulher de 19 anos. Ela disse, em depoimento, que acertou uma pedrada na cabeça da menor que caiu desacordada, neste momento os rapazes a estupraram.Depois, uma das menores teria golpeado o corpo com facadas, sendo cinco na região do pescoço, rosto e uma no coração. A outra menor concluiu com um tiro no abdômen. Segundo investigações, a arma usada seria de um dos acusados(homens).

A mulher e mais dois rapazes, estão no Presídio de Alegrete, uma das menores de 16 anos foi encaminhada para CASEF, em Porto Alegre, e mais dois menores que foram levados à CASE em Uruguaiana.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Curta nossa Fan Page

1 Comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*