Morre Côca; uma das fundadoras e diretora do Polo dos Pinheiros

Elizabeth de Paula Duarte, conhecida como Côca, morreu aos 84 anos, na Santa Casa de Alegrete, na noite de sexta-feira(7).

A aposentada que foi uma figura peculiar e muito conhecida por sempre dirigir Fusca e “trancar” o trânsito, tinha um carinho muito grande pela escola que fundou. No ano de 1961, Elizabeth que é de origem Uruguaia, começou um grande trabalho escolar no Polo. Ela foi professora das séries iniciais e, por muitos anos foi diretora e era muito inteligente, segundo a professora e atual diretora da Escola Estadual Arthur Hormain, Angelisa Kulmann.

 

Côca estava hospitalizada na Santa Casa de Alegrete e, conforme informações de amigos, há mais de um mês enfrentava problemas de saúde. A professora residia perto do Polo nos Pinheiros e não tinha familiares no município. Uma irmã de criação, que também é professora, Elena Barbosa, que reside em Fortaleza há anos. A aposentada também frequentava a Igreja Adventista.

De acordo com Angelisa, Côca era uma pessoa boa, tranquila e vivia com muita humildade. Com seu Fusquinha, era tradicional a sua vinda à cidade para vender leite e verduras. Angelisa comentou que durante todo período em que conheceu Côca, ela sempre dirigiu Fusca, o último era branco. “As vezes, por um motivo e outro se envolvia em acidente, imediatamente se desfazia do danificado e já comprava outro fusquinha” – lembrou.

Nas redes sociais são inúmeras as mensagens de carinho. As últimas homenagens estão acontecendo na Funerária da Angelus, na rua Daltro Filho. O sepultamento está programado para às 17h.

 

Flaviane Antolini Favero

Compartilhe
  • 2.8K
  •  
  •  
  •  
  •  
    2.8K
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*