Mulher é presa acusada de ser autora do homicídio no bairro Novo Lar

Mulher, de 26 anos, foi presa pela Polícia Civil na noite desta quarta-feira(24).

A jovem apontada, pela Polícia Civil, como autora do homicídio que vitimou Tácila Juliana Aquino Rosado, de 19 anos, foi presa no bairro Maria do Carmo.

A ação coordenada pelo Delegado, Valeriano Neto, realizou incansáveis diligencias e chegou até a acusada da autoria do crime que ocorreu depois de

uma briga familiar, no último dia 19 de Abril, Sexta- Feira Santa.

A prisão temporária foi realizada pela Polícia Civil, através dos Policiais do Setor de Investigações da 1ª Delegacia de Polícia de Alegrete, com apoio dos Policiais do Setor de combate aos crimes rurais.

Inicialmente, chegaram a ser cogitados mais dois nomes que poderiam ter participação no homicídio, porém, tais nomes não foram confirmados até o momento, motivo pelo qual, continuarão as investigações.

O crime

Tácila estava numa festa e foi esfaqueada no abdômen. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu pouco tempo depois na Santa Casa. A primeira versão, no dia, é de que ela foi intervir na briga entre irmãos. Não foram divulgadas mais informações para não prejudicar às investigações.

Este foi o segundo homicídio em Alegrete neste ano de 2019.

Compartilhe
  • 372
  •  
  •  
  •  
  •  
    372
    Shares
Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*