Mulher publica foto com rosto ensanguentado para denunciar agressão do ex: ‘Cansei de me calar’


Vítima afirmou que está separada do suspeito há quase um ano e que durante todo o casamento, que durou 11 anos, era agredida constantemente.

Uma moradora de Araçariguama (SP) usou as redes sociais para denunciar uma agressão que teria sofrido do ex-marido. Jackeline Mota, de 31 anos, postou em seu perfil no Facebook uma foto em que aparece com o rosto ensanguentado. Na postagem ela diz que teve o nariz quebrado pelo ex.

A foto recebeu centenas de reações e compartilhamentos. Jackeline relata que foi agredida pelo ex, Carlos Henrique Evangelista de Oliveira, na frente dos filhos porque ele descobriu que ela estava namorando.

“Cansei de me calar. Estou aqui na UBS para quem quiser ver. Meu ex-marido acabou de quebrar meu nariz”, escreveu.

Mulher teve uma fratura no nariz após ser agredida pelo ex-marido em Araçariguama (SP) (Foto: Facebook/Reprodução)

Mulher teve uma fratura no nariz após ser agredida pelo ex-marido em Araçariguama (SP) (Foto: Facebook/Reprodução)

Após a repercussão do post, Jackeline fez outra publicação em que contou mais detalhes sobre a relação com o ex-marido e disse que apanhou durante 11 anos.

“Vocês acham que eu gostava de apanhar? Vocês acham que eu era feliz sendo traída e ofendida com os piores nomes possíveis?”, questionou.

Ela disse que tentou por fim ao relacionamento antes, mas nunca conseguia. “Por várias vezes tentei me separar, mas aí a perseguição era tanta, e não atingia só a mim, era meu trabalho, minha família… Diante das perseguições eu acabava voltando, até que depois de 11 anos encontrei forças em Deus pra criar coragem e sair daquela situação.”

“Poderia escrever um livro com história de terror com tudo o que eu passei”, disse.

Por fim, ela deixou um alerta para as mulheres que vivem em um relacionamento abusivo: “Mulheres, não se calem. Não tenham medo. Se o medo for da morte, entendam que vocês que vivem uma situação destas dentro de casa estão com a alma morta em um corpo que apenas existe, não vive.”

Jackeline registrou um boletim de ocorrência sobre a agressão. Após passar pela Unidade de Pronto Atendimento de Araçariguama ela aguarda vaga para fazer uma cirurgia no Centro Hospitalar de Sorocaba (CHS).

Carlos Henrique, apontado na postagem como autor das agressões, é assessor de um vereador da cidade. A reportagem do G1 tentou entrar em contato com ele, mas as ligações não foram atendidas.

Jackeline recebeu apoio de outras mulheres em publicação em que revela que sofreu agressão em Araçariguama (SP) (Foto: Facebook/Reprodução)

Jackeline recebeu apoio de outras mulheres em publicação em que revela que sofreu agressão em Araçariguama (SP) (Foto: Facebook/Reprodução)

Fonte: G1

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*