Novamente projeto que regulamenta uso de carroças não é votado na Câmara

Há mais de um ano que ativistas da causa animal, em Alegrete, aguardam a votação do projeto que regulamenta o uso de carroças- veículos de tração animal.

Depois de voltar duas vezes para ajustes no Executivo, na sessão do dia 29, o projeto estava na pauta do dia.

Alguns ativistas foram à Câmara acompanhar a votação, só que quando o Projeto entrou para ser votado, o vereador Anilton Oliveira entrou com pedido de uma emenda modificativa e o ele, novamente, saiu da ordem do dia. Ele coloca que, o projeto deva contemplar que idade mínima para se conduzir carroças seja de 16 anos.

Entre o que apresenta o Projeto, as carroças teriam que colocar placas identificativas, ter horários para circular, os animais serem bem cuidados, em caso de reincidência de maus tratos aos cavalos que puxam as carroças o animal seria recolhido, dentre outro pontos.

A grande expectativa dos ativistas que e integram ONGs e defendem os animais em Alegrete é que o projeto seja aprovado e em seu teor realmente se preserve os cavalos, obviamente sem prejudicar quem depende de carroça para o seu trabalho, ponderam.

Vera Soares Pedroso

Compartilhe
  • 221
  •  
  •  
  •  
  •  
    221
    Shares
Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*