Orientadores, coordenadores e especialistas tiveram um Dia de Debate sobre Educação Inclusiva

A inclusão escolar é a integração de alunos com necessidades educacionais especiais em classes de aula regulares, compartilhando as mesmas experiências e aprendizados com os demais estudantes. Com esse foco, a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer em parceria com o IFFAR promoveu, na última segunda-feira, no salão da APAE, Seminário de Inclusão para uma plateia composta por orientadores educacionais, coordenadores pedagógicos e especialistas em AEE.

O seminário foi aberto com a participação da psicóloga Bárbara Goulart quer abordou a saúde do professor. Logo após, a educadora Cristina Acosta, coordenadora educacional da APAE, palestrou sobre a importância da APAE e a educação inclusiva. À tarde, a abertura foi com a educadora especial Fernanda de Camargo Machado abordando as flexibilizações curriculares, desafios no contexto da educação especial. A Escola Adventista apresentou o projeto Libras e logo após a servidora da UFSM, bibliotecária Fernanda Taschetto, cega, contou sua história de vida e falou sobre “as barreiras atitudinais no contexto da educação”.

À noite, o tema foi inclusão através do esporte, coordenado por Josie Pillar, com a participação dos alunos do curso de Educação Física da URCAMP. Houve a mostra de materiais didáticos adaptados para alunos com deficiências, contando com a participação de alunos do IFFar de Ciências Biológicas, Matemática e Quimica, acompanhados pela professora Luciana, do IFFar.

O Seminário foi encerrado com relatos dos professores doutores Alexandre Machado e professora Caissara, especialista em AEE, seguindo-se os relatos.

DPCOM-PMAlegrete

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *