Polícia Civil alerta sobre mensagens envolvendo suposto sequestro de crianças

Textos contam que casal aborda vítimas e tentam arrancar crianças do colo da mãe

A Polícia Civil está preocupada com mensagens que estão circulando nas redes sociais sobre supostas tentativas de sequestros de crianças em cidades da Região Metropolitana. Os textos possuem enredos semelhantes e normalmente são acompanhadas de áudios, placas de carro que seriam usadas no crime e até mesmo imagem dos suspeitos.

 Existem registros em Porto AlegreGravataíCachoeirinha, na Região Metropolitana, e São Leopoldo e Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. As mensagens contam que um casal aborda as vítimas em locais de grande movimentação e tentam arrancar crianças do colo da mãe. A única mudança é a cidade e o modelo do carro usado no suposto crime.

A diretora do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), delegada Adriana Regina da Costa, evita confirmar que são mensagens falsas, mas afirma conhecer apenas dois registros policiais recentes, sem a confirmação do sequestro.

— A orientação é que as pessoas venham até o Deca para registrar ocorrência. O que chega até nós por mensagem é difícil de investigar, pois não sabemos nem o nome da vítima — afirma a diretora.

 A delegada, no entanto, confirma dois registros policiais recentes. Um em Gravataí, no dia 10 de outubro, quando um homem foi preso em flagrante por tentar estuprar duas irmãs, de 12 e dois anos. O outro caso que foi registrado na 12ª Delegacia de Polícia e está sendo investigado é de uma mulher que teria tentado roubar uma criança na Vila Vitória da Conquista, no bairro Rubem Berta, em Porto Alegre.

Fonte: Gaúcha/ZH

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*