Polícia Civil prende acusado de matar empresário de Alegrete por dívida de R$ 20

O homem, de 21 anos, foi preso pelos agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) na tarde de quarta-feira (13), em Caxias do Sul. O indivíduo, que estava foragido, é acusado de assassinar Márcio José dos Santos, no dia 24 de dezembro de 2018, no bairro Desvio Rizzo. A motivação do crime seria uma dívida de R$ 20. Márcio, de 38 anos, era natural de Júlio de Castilhos e residiu por muitos anos em Alegrete.

Agora, os órgãos de segurança concentram as buscas no segundo indivíduo de 18 anos que participou do crime.

A Polícia Civil indiciou os dois por homicídio duplamente qualificado. Eles estão com prisão preventiva decretada desde o dia 3 de janeiro.

Relembre o Caso:

De acordo com o delegado Rodrigo Kegler Duarte, titular da Delegacia de Homicídios, o preso era vidraceiro e trabalhava para Márcio. Após um serviço, Márcio relatou o sumiço de um boné e acusou o funcionário, autor do homicídio, de furto. Márcio teria pago R$ 20 pelo boné furtado pelo seu funcionário e descontado o valor do salário dele, o que iniciou as desavenças entre os dois.

As investigações apontaram que os acusados ficaram nas imediações da casa da vítima, esperando. Quando o patrão retornou, o homem efetuou os disparos que mataram Márcio.

Abaixo link no dia do homicídio.

Fonte e foto: Leouve

Compartilhe
  • 372
  •  
  •  
  •  
  •  
    372
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*