Porto Alegre não terá ônibus no domingo para poupar combustível

Decreto da Prefeitura de Esteio também suspendeu transporte neste dia. Municípios gaúchos alteraram operação em razão dos reflexos da greve dos caminhoneiros.

Porto Alegre não terá ônibus neste domingo (27). A medida foi adotada, conforme a prefeitura, para garantir as viagens na segunda-feira (28). Uma reunião para definir estratégias em função dos reflexos da paralisação de caminhoneiros foi realizada nesta sexta (25) entre representantes da administração municipal, Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP) e representantes dos consórcios. Outros municípios também fizeram alterações.

Na manhã de segunda, os ônibus da capital devem realizar o atendimento das 6h às 8h30, e uma nova reunião será realizada às 10h para avaliar a situação e definir a circulação no restante do dia.

Os coletivos da capital já estavam em esquema diferenciado desde quinta-feira (24), com operação de hora em hora fora dos horários de pico para poupar combustível. Já as lotações continuam funcionando normalmente.

O sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes no Estado (Sulpetro) diz que a situação da falta de combustível no estado é generalizada.

Outras cidades

Esteio, na Região Metropolitana, também não terá circulação de ônibus no domingo. Um decreto autorizou que a partir de sexta fosse utilizada tabela horária dos sábados nos dias úteis. Aos sábados, passa a valer o esquema de domingo. A medida será mantida até que o abastecimento de combustíveis seja normalizado.

Em Sapucaia do Sul, no domingo (27) os ônibus circularão com horário reduzido.

Em São Leopoldo, o esquema de transporte coletivo também foi alterado. Até, pelo menos, terça-feira (29), a frota será reduzida em 40% entre 9h e 17h, mantendo a circulação normal nos horários de pico, ou seja, de 4h40 às 9h e a partir das 17h.

Também haverá alterações em Novo Hamburgo. Desde esta sexta (25), os ônibus municipais circulam em horários alterados.

No período entre 5h e 8h e 11h às 13h, haverá reforços nas linhas; das 8h até às 11h e das 13h às 17h, o transporte será de hora em hora nas principais; das 17h30 às 19h, o horário será baseado na tabela de sábado. Por fim, de 19h30 às 0h, o transporte novamente será de hora em hora nas principais linhas.

Em Caxias do Sul, na Serra, o transporte coletivo opera com metade da frota de veículos desde o meio-dia de quinta-feira (24). A tabela horária é baseada na planilha estabelecida aos domingos.

Ônibus intermunicipais também mudam

Medida semelhante foi adotada pela direção da Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan), responsável pelas empresas que fazem a operação intermunicipal. Os coletivos estão circulando com escala de sábado nos horários de baixa demanda. A Metroplan atende 34 municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre.

De acordo com a assessoria de imprensa da Associação Rio-grandense de Transporte intermunicipal (RTI), as empresas menores que atendem a Região Sul e a Serra já estão racionalizando horários. Essas não possuem abastecimento próprio.

Em reunião realizada na manhã de quinta (24), a avaliação foi de que se a greve durar até a próxima quarta (30), as empresas não terão diesel suficiente para rodar.

Rodoviária

Os ônibus estão saindo da Rodoviária de Porto Alegre para todos os destinos, conforme atualização desta sexta (25). Somente horários sem procura estão sendo suspensos.

Fonte: G1

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.