Prefeitura não cede e vai mudar equipe diretiva da EMEI Gente Miúda

Na manhã desta quarta-feira(5), dia de atendimento ao público no Palácio Ruy Ramos, o prefeito em exercício Márcio Amaral conversou com a comunidade escolar da EMEI Gente Miúda.

O CPM, através do presidente Anderson Medeiros, Conselho Escolar, presidente Carine Torres, Pais, entre eles Albert Medeiros e funcionários da EMEI Gente Miúda se mobilizaram para a permanência da equipe diretiva da escola, atualmente com 134 alunos.

A reunião que durou cerca de uma hora foi para a entrega de um abaixo assinado com mais de 243 assinaturas. Além de ter as reivindicações da comunidade  escolar, que salienta e destaca o excelente trabalho realizado pela atual diretora e equipe diretiva. Houve tempo para que todos colocassem seus motivos, e houve unanimidade para que o pedido da comunidade fosse acolhido e aceito pelo Executivo e Secretaria de Educação. A Secretária Márcia Dorneles, assim como prefeito em exercício Márcio Amaral, ouviram as ponderações e argumentaram que a decisão vai ser mantida. Secretária Márcia alegou que alguns critérios não estão sendo atendidos. Imediatamente a comunidade escolar quis saber quais eram os critérios que necessitam ser ajustados. Mas esta resposta eles não obtiveram.

Um dos pais, Albert Medeiros, propôs que a atual equipe diretiva permanecesse até março e se não atingisse os objetivos que houvesse a troca. Pois segundo o prefeito em exercício, se a pessoa que for assumir o cargo e sua equipe não corresponder aos anseios de todos será novamente substituída. Mário Amaral citou que o trabalho está sendo feito para que haja sempre melhoria no ensino e não o contrário.

Já o presidente do CPM Anderson Medeiros enumerou diversas benfeitorias realizadas em três anos de gestão da atual equipe e colocou o quanto a comunidade escolar também abraçou a escola que hoje é uma referência.

Carine Torres, presidente do Conselho de Escolar, foi incisiva em pedir para que o pedido da comunidade escolar fosse aceito. Lembrou que a comunidade estava sendo humilde em reivindicar um pedido que é unanimidade. Lembrou, também, que muitos haviam contribuído para que a atual gestão estivesse no governo.

Mesmo com as ponderações, o prefeito em exercício e a Secretária de Educação disseram que a decisão será mantida, mas eles iriam conversar e até sexta-feira será marcada uma nova reunião.

A Comunidade escolar saiu inconformada e citou que não vai aceitar de forma tão pacífica. “Que pelo menos nos mostrem que critérios não estão sendo cumpridos. Porque para nós que estamos diariamente na escola a realidade é outra. Um espaço totalmente renovado com um excelente trabalho e todo envolvimento da comunidade escolar” – concluiu Anderson Medeiros.

O vereador Rudi Pinto Também participou representando o Legislativo e intercedeu em benefício da comunidade escolar.

(Antes)

(Depois)

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*