Preso grupo da Região Metropolitana de Porto Alegre investigado por recrutar traficantes em São Sepé

Foram cumpridas 23 ordens judiciais em São Sepé, Charqueadas e em Santa Maria. A partir das investigações, polícia identificou chefe do grupo, que comandava tudo de dentro da Penitenciária de Charqueadas.

A Polícia Civil prendeu 17 pessoas por tráfico de drogas e associação criminosa durante a Operação Tentáculos, na manhã desta quinta-feira (30), em cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre e do Centro do estado. Foram cumpridas 23 ordens judiciais em São Sepé, Charqueadas e em Santa Maria.

Segundo a polícia, 14 pessoas foram presas em São Sepé. Um adolescente, flagrado com drogas, foi levado para a delegacia. Ele foi liberado e vai responder por ato infracional.

Traficantes de cidades próximas da Capital montaram uma ramificação da facção criminosa em São Sepé, recrutando pessoas para o grupo, informou a delegada Carla Dolores.

De acordo com o delegado regional Sandro Meinerz, o grupo se instalou nos bairros Pontes, Santos e Cristo Rei, todos em São Sepé. O que chamou a atenção da polícia foi que, nos últimos seis meses, 12 pessoas foram presas em flagrante na cidade, todas ligadas ao mesmo grupo e agindo da mesma forma.

A partir das investigações, a polícia identificou o chefe do grupo, que comandava tudo de dentro da Penitenciária de Charqueadas.

Com a operação desta quinta, são 29 pessoas do mesmo grupo presas na cidade nos últimos meses.

Durante a operação, policiais apreenderam drogas, celulares e dinheiro.

 
Traficantes de cidades próximas da Capital montaram uma ramificação da facção criminosa em São Sepé. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Traficantes de cidades próximas da Capital montaram uma ramificação da facção criminosa em São Sepé. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Fonte: G1

 
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*