Preso pai de santo suspeito de abusar de mulheres durante rituais no Sul do RS

A investigação apurou que o homem levava as vítimas até uma sala, onde pedia que elas tirassem as roupas

Um homem que se apresenta como pai de santo foi preso preventivamente nesta quarta-feira (10), em Rio Grande, no sul do Estado, suspeito de abusar sexualmente de mulheres durante rituais religiosos.

Conforme a Polícia Civil, Marcos Paulo Souza Chaves, 43 anos, conhecido como Pai Marcos de Iemanjá, levava as vítimas para uma sala reservada, onde ordenava que elas tirassem as roupas. Para as mulheres, ele dizia ser um pedido da entidade delas.

A Polícia Civil começou a investigar e chegou a outras três vítimas: uma mulher e duas adolescentes que foram abusadas há cerca de quatro anos, quando ainda eram crianças.

A delegada Lígia Furlanetto acredita que há outras vítimas que não registraram ocorrências. Em conversa com uma das mulheres, o Pai de Santo teria dito que o segredo do procedimento não poderia ser violado.

— O que se presume é que provavelmente outras vítimas tenham sofrido a mesma coisa e ficaram constrangidas de registrar a ocorrência — afirma a delegada.

Em depoimento à Polícia Civil, o preso disse que os atos eram parte dos rituais e um pedido das entidades das vítimas. Ele será indiciado por estupro mediante fraude e estupro de vulnerável.

Fonte: Gaúcha/ZH

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*