Primeira sessão da Câmara em 2019 foi marcada por protestos

A primeira sessão ordinária da Câmara em 2019 foi marcada por protestos de professores municipais. O plenário lotou com servidores públicos que foram pedir apoio dos vereadores, para que a Prefeitura chame os concursados aprovados em 2014 em detrimento de contratações.

O presidente Cléo Severo Trindade diz que o objetivo dos vereadores e encaminhar as pautas e acompanhar essas demandas, neste caso dos concursados.

Foram formadas as comissões permanentes da casa que vão trabalhar em 2019: justiça e redação; finanças e orçamento; serviços públicos e cidadania e desenvolvimento social.

As sessões ordinária do Legislativo são as segundas-feiras às 18h e as quintas às 9h abertas à comunidade.

Compartilhe
  • 92
  •  
  •  
  •  
  •  
    92
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*