Principal rua de acesso ao Bairro Sepé Tiaraju está um caos

A reclamação é antiga. Moradores da Sepé não sabem a quem mais recorrer. Dias de chuva está intransitável usar um dos principais elo de ligação do bairro com o Bairro Vera Cruz.

A Rua Fetzalan Almeida, que dá saídas em direção às escolas CIEP e Farroupilha, e também para a linha do ônibus, já que o transporte coletivo no bairro deixa moradores a no mínimo três quadras longe de suas casas, está sofrendo com as obras do Arroio Regalado.

Barro por todos os lados, sem contar as ruas esburacadas e onde tinha calçamento foi danificado em virtude do fluxo de caminhões. Para sair de casa só com bota de borracha para não embarrar os calçados. Carros trafegam em meio a poças de água e muita lama. Crianças precisam ser carregadas no colo para irem ao colégio.

Com diversas ruas bloqueadas, a Rua Jorge Borges Machado é uma das castigadas. Ali moradores apelaram e abriram alguns buracos para o escoamento da água, mesmo assim o barral toma conta de toda extensão da rua.

“Em dias de chuvas fortes alaga tudo. Isso aqui é um total descaso. Alguém precisa vim aqui”, resigna-se um morador.

Desde dezembro de 2018, eles estão sofrendo com as obras do Regalado. Bastou um chuva para o caos se instalar. “A cada chuvarada ficamos com ruas e casa alagadas, passado isso mais 15 dias de barro”, conta uma dona de casa. Muitos moradores questionam a falta de uma fiscalização da prefeitura e até sugerem encascalhamento nas ruas mais críticas.

A reportagem visitou o local na última segunda-feira (13), pouco antes das 14 h, no horário em que iniciou a chuva. Andar nas ruas sem se embarrar é quase impossível.

Tentamos contato com o Secretário de Infraestrutura Jetter Danzer de Souza, mas não obtivemos retorno.

Júlio Cesar Santos

Compartilhe
  • 592
  •  
  •  
  •  
  •  
    592
    Shares
Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*