Produção da agricultura familiar também será comercializada na Zona Leste

A agricultura familiar é um setor que mesmo ainda pequeno em Alegrete tem produtores eficientes e que buscam melhorar cada mais a sua atividade. E par isso, a Prefeitura através da Secretaria de Agricultura e Pecuária está construindo um galpão na Zona Leste. O objetivo é entregar um espaço para que os produtores também possam comercializar seus produtores naquela região da cidade, a exemplo da tradicional feira de hortigranjeiros que já acontece  na praça Getúlio Vargas às terças e quintas-feiras.

O galpão está sendo construído na Zona Leste, entre o Módulo da Guarda Municipal e a UNIPAMPA, para abrigar produtores que comercializam a produção da agricultura familiar no Município.

A obra está orçada em R$ 77.275,67, recursos oriundos do Governo do Estado, através da Consulta Popular de 2015 e firmada por meio do convênio entre Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo e o Município de Alegrete.

Para o secretário de Agricultura e Pecuária, Daniel Gindri, “trata-se de um Galpão extremamente simples, mas com propósitos de grande valia para os três pilares da economia local que são os produtores, a população e o município”. Acrescentou Gindri que a obra proporcionará o desenvolvimento regional através da dinamização e otimização do principal canal de comercialização dos agricultores familiares que são as Feiras livres, especialmente de Hortifrutigranjeiros.

Entende a Secretaria de Agricultura e Pecuária que os feirantes são produtores que utilizam mão de obra familiar, cultivam vários tipos de olerícolas, com baixo uso de defensivos agrícolas. Os produtores, em contato direto com o consumidor, comercializam além de produtos in natura, sub produtos caseiros (semi industrializados) em feiras na praça central e agora poderão expandir suas atividades para outro ponto estratégico da cidade.

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*