Professores vão ao MP pedir para Prefeitura chamar concursados

Um grupo de professores municipais concursados esteve, esta semana, no Ministério Público solicitando que a Prefeitura não convoque professores.

Eles alegam que existem professores consursados ainda de 2014, certame que foi prorrogado.

Uma professora, já com 20h no Município, explica que quando se convoca a Prefeitura não paga os meses de janeiro e fevereiro, no demais tudo é igual aos concursados.

Outra professora diz que se em 2014 já havia necessidade de professores, imagine em 2019.

O grupo que busca assegurar seus direitos comentou que eles não querem ser tratados apenas como índices ou números e se tem dinheiro para convocar tem para chamar concursados, atestam. Informam que já estiveram gestionando com o Prefeito e diante da não manifestação dele, foram à Promotoria, porque este é o último ano para serem chamados e correm o risco de perder o concurso.

A solicitação entregue à Promotoria já foi encaminhada à Prefeitura que tem que se justificar sobre essa questão.

O prefeito Márcio Amaral informa que já esteve com os professores. -Entendo a necessidade, porém será feito um estudo e a administração poderá chamar alguns professores, mas não precisou quando, o que depende de ajustes do índice de pessoal que está em pouco mais de 51% – e ainda deve baixar, atendendo as exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Vera Soares Pedroso

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*