Promoter é preso acusado de estuprar adolescente de 14 anos em Alegrete

O homem, de 32 anos, foi preso preventivamente na tarde desta quinta-feira(9), pela Polícia Civil, através do Setor de Investigação. A ação coordenada pelo Delegado Valeriano Neto realizou a identificação do acusado depois da vítima fazer a denúncia.

De acordo com os policiais, o indivíduo trabalha como promoter, em casas noturnas de Alegrete e usava redes sociais para ludibriar e envolver às vítimas. Com codinomes, o homem atraia as pessoas para locais onde posteriormente as estuprava, conforme o Delegado.

Assim foi o caso do adolescente, de 14 anos, que o conheceu através das redes sociais e foi até um imóvel na região Central, com uma finalidade e, ao chegar foi surpreendido pela violência do estuprador e ficou indefeso. A vítima foi obrigada a realizar sexo oral e anal.

Delegado Valeriano Neto, argumenta que este menor teve coragem de denunciar e acredita que muitas outras vítimas, ainda, não se manifestaram. Ele pondera a importância que essas pessoas procurem o setor de Investigação e façam as denúncias.

“Fica o alerta para os menores que acreditam e se envolvem com indivíduos através das redes sociais. O quanto isso é perigoso e pode levá-los a situações como esta. Criminosos que se “escondem” atrás de um computador para enganar e posteriormente cometer seus crimes” – enfatizou.

A vítima foi encaminhada para atendimento médico e psicológico. O suposto estupro ocorreu no mês de julho deste ano.

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*