Propriedade de Cruz Alta ganha título de maior produtividade de soja do Brasil

Com manejo do solo e outras técnicas, produtor conseguiu superar a média nacional no desafio, proposto por comitê

A propriedade da família Bortoli, em Cruz Alta, no Noroeste do RS, foi reconhecida como a maior produtividade média de soja do país, pelo Comitê Estratégico Soja Brasil. A área avaliada produziu 123,88 sacas por hectare, bem acima da média nacional – 53,4 sacas por hectare – e que a estadual – 56,3 sacas por hectare. Mais de 4 mil produtores estavam inscritos para o desafio.

O comitê promove o Desafio Máxima Produtividade de Soja, com o objetivo de que os produtores nacionais mostrem o seu melhor a cada ano. “É uma entidade não-governamental, sem fins lucrativos apoiada por várias empresas que vivem do agro”, explica o agrônomo Mauricio de Bortoli.

O segredo, conta o agrônomo, é muito trabalho. “Pensando toda essa sistemática de rotação de cultivos, introdução de plantas de coberturas e plantas de produção de grãos, para daqui a 6, 7, 8 anos você chegar assim a um potencial super elevado e poder plantar uma cultura e poder retirar uma produtividade magnifica”, resume o produtor.

Maurício conta que já está preparando outra lavoura para concorrer nas próximas safras. O manejo adequado do solo. O produtor utiliza, por exemplo, uma cobertura, para proteger a planta e ajudar a repôr nutrientes necessários.

“Nitrogênio, fósforo, potássio, esses macro nutrientes que são essenciais pra culturas de inverno. Eles são devolvidos gratuitamente para essa planta, ela acaba se beneficiando sem uso de ferramentas químicas ou a diminuição do uso de insumos no solo, ou seja, somos muito mais produtivos e menos agressivos ao ambiente”, comenta.

Fonte: G1

Compartilhe
  • 165
  •  
  •  
  •  
  •  
    165
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*