Revitalizado, campo da Cohab está de cara nova

Conhecido como campo da Cohab ou da Antena, um dos palcos do futebol amador, está um “brinco”, diríamos na gíria do futebol.

A realidade de um dos campos extintos da várzea, serve de exemplo para os demais espaços usados para a prática do futebol no município. Após a grande enchente do mês de janeiro, o campo que estava abandonado, sujo, com grama alta, mato ao redor e servindo de potreiro para cavalos, após ser castigado pelas águas do Ibirapuitã.

O morador do bairro, atleta do Boca Juniors, e já de malas prontas para ir jogar no Uruguai, num clube da divisão amadora é o responsável pelo zelo do campo.O veloz atacante que se destacou na temporada 2018 da LAF Jhon Lennon “Kessy”, não poupou esforços em se dedicar na revitalização do local.

Inicialmente ele conta que uma equipe de limpeza da PMA, através do servidor Clóvis Renato, esteve no local e cortou a grama do campo. Daí em diante ele arregaçou as mangas e juntou a sujeira e cortou os galhoe e matos que tinha em torno do campo. A cerca foi arrumada, colocou taquaras para coibir a entrada de animais. Os cavalos ficaram impedidos de aparar a grama do campo e de sujarem o local.

Uma fita zebrada foi colocada em volta, e as medidas do campo foram colocados no esquadro. O terreno com desnível em um dos lados não é problema, Kessy conta que até ajuda no escoamento da água das chuvas. Apenas a área pequena do lado oposto ao rio, está recebendo cuidados especiais. “Haviam colocado areia no buraco. Agora tô tentando consertar o estrago ali, mas nada que a bola não role”, comenta o guardião do saudoso campo do Guarani.

“A gente gosta de jogar. Eu vi que tudo isso estava se perdendo resolvi resgatar um espaço que faz parte da minha infância, da minha vida e de muitos aqui do bairro”, explica o atleta ao ser indagado pelo elogiável trabalho que realiza no local.

Mas isso é apenas o início. Ele quer dar mais vida ao local. Já se sente realizado que a comunidade, famílias estão descendo para o campo. Diariamente ele treina no campo, quer manter a boa forma e revela que crianças e até a gurizada do bairro já está batendo uma bolinha.

Jhon Lennon, quer projetar as traves estilo padrão com a rede fixada nos ferros atrás das traves. Para isto busca parceiros para concretizar esse sonho. Quer colocar uns módulos de arquibancadas em volta do campo. Vai criar espaço para empresas colocar sua logomarca no local.

Área do lado do bairro é a única que apresenta a grama rala por conta de um buraco causado pela enchente.

No próximo mês vai para o Colina do Uruguai, onde assinou contrato. Mas diz que não vai abandonar o campo. “Minha família, os próprios guris vão ficar encarregado de zelar pelo campo.

Kessy, quer reativar o time do Guarani, e vai lutar para isso acontecer, a casa do Ibirapuitã, também vai ser do Guarani. Diariamente ele percorre os quatro cantos do “tapete”, que ficou o campo da Cohab. Junta pedras, gravetos e sujeiras entre a grama de cor verdinha que dá inveja a muitos campos do futebol amador de Alegrete.

Júlio Cesar Santos

Compartilhe
  • 278
  •  
  •  
  •  
  •  
    278
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*