Risco de atropelamento constante em dois pontos da General Sampaio


O perigo no trânsito é constante. Todos os dias são registrados acidentes, desde danos materiais até casos mais graves com vítimas. Fiscal há anos na empresa Vaucher, Sérgio Pinheiro, passou a observar uma queixa realizada pelos motorista quanto o volume de pessoas na rua General Sampaio esquina com Vasco Alves. Na esquina, uma lotérica que, em dias de muito movimento, registra um número expressivo de pessoas que ficam na fila no lado externo, além do interno.

Mas a preocupação se deu após verificar que muitas pessoas ficam no limite do cordão e isso representa um risco muito grande quanto aos ônibus. “Percebemos que as pessoas ficam ali e os veículos do transporte coletivo passam muito perto devido a parada existente pouco metros à frente. Já houve alguns casos de crianças correndo e até mesmo os adultos que ficam de costas.” – comentou Sérgio.

Depois de ficar por vários dias analisando as queixas dos funcionários da empresa e verificar o risco iminente, ele decidiu fazer um ofício e protocolar nos órgãos competentes: Secretaria de Segurança, Mobilidade e Cidadania, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e na ouvidoria da Prefeitura. A intenção é que haja uma fiscalização mais rigorosa para que uma situação grave seja evitada, destacou o fiscal.

Conforme Sérgio, ele foi informado de que a solicitação terá o acompanhamento e uma fiscalização para ajustar e evitar acidentes. Outro ponto que ele também alertou foi pouco abaixo da parada em frente a uma ferragem. Nestes dois locais devido a calçada ser estreita os passageiros e os clientes, dos estabelecimentos comerciais, ficam muito expostos – finalizou.

De acordo com o Procon, através do Diretor Geferson Maidana, eles realizaram visita nos locais citados e orientaram os proprietários. Como, ainda, não houve uma resposta a medida vai ser com mais rigor, – destacou.

Flaviane Favero

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

4 Comentários

  1. na rua Gral Sampaio imagine passan todas as linhas de onibus do Alegrete ainda com estacionamento e calçadas estreitas as possibilidades de acidente logico q e um perigo constante

  2. kkk. Será q os órgãos fiscalizadores vão exigir q os proprietários destes estabelecimentos comerciais afastem seus predios da rua ou coloquem funcionários fazendo a guarda do clientes nestes pontos?

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*