Ritmista da Unidos do Itaimbé morre em acidente em Santa Maria

Heberton Eugênio Dias Lima foi arremessado de sua motocicleta ao ser atingido por um carro na BR-392

ritmista

Um acidente envolvendo um Polo e uma moto deixou uma pessoa morta e outra ferida,  na madrugada de domingo, em Santa Maria. A colisão ocorreu por volta da 1h30min na BR-392, no bairro Passo das Tropas. Os dois veículos vinham na mesma direção, Centro-bairro, no momento do acidente. No quilômetro 349 da rodovia, o carro dirigido por Celio Cardoso, 32 anos, bateu na traseira da moto, conduzida por Heberton Eugênio Dias Lima, 33 anos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e o Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionados e foram até o local, mas Lima não resistiu e morreu logo após o acidente.  De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), outras 5 pessoas estavam dentro do veículo conduzido por Cardoso. Lisandra Domingos de Almeida, 27 anos, estava na carona do Polo e foi encaminhada ao Pronto Atendimento Municipal com ferimentos leves.

Ainda de acordo com a PRF, o motorista do carro não permaneceu no local do acidente e foi encontrado e detido em um posto de gasolina próximo dali com sinais de embriaguez, mas se negou a fazer o teste do bafômetro. Cardoso foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Santa Maria, onde foi preso e encaminhado à Penitenciária Estadual de Santa Maria.

Lima era ritmista de escola de samba

A vítima trabalhava em um moinho de farinha e era ritmista na bateria da escola de samba Unidos do Itaimbé. Lima deixou os pais e mais três irmãos.
_ Ele era uma pessoa muito extrovertida e muito ligado à nossa mãe _ disse o irmão de Lima, Alexander Dias Lemos.

O sepultamento ocorreu às 17h deste domingo, no Cemitério Ecumênico Municipal, no bairro Patronato.

 

Fonte: Diário de Santa Maria

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*