Santa Casa prevê inauguração da Escola Técnica para o segundo semestre

O município de Alegrete será sede do primeiro hospital a ter uma Escola Técnica de Ensino na Fronteira Oeste. Com 145 anos de história, a Santa Casa investe pesado para inaugurar no segundo semestre deste ano sua escola técnica. A obra já está em processo final de alvenaria.  A escola é um modelo pioneiro na região que deve agregar formação profissional de qualidade às necessidades do setor da saúde na região oeste do estado.

A nova escola terá como principal finalidade formar técnicos em áreas específicas para atuação no setor da saúde.  Segundo a diretora operacional da Santa Casa, Tailise Silva Ribeiro Lemos, há mais de dois anos que o hospital vem trabalhando pela implantação da escola. Após vistorias e inspeções da 10ª Coordenadoria Regional de Educação, o hospital segue com os trâmites burocráticos formais necessários para dar o prosseguimento legal para a constituição da escola. “Estamos cumprindo com todas as exigências e requisitos necessários. O que atrapalhou um pouco o andamento da documentação, foi  o período de recesso  que contemplou os meses de dezembro, janeiro e  fevereiro, passando pelo Carnaval. Agora tudo está voltando ao normal. Estamos fazendo as coisas bem feitas, pois de nada adianta colocar algo a funcionar por funcionar ou ter que parar lá na frente como temos centenas de exemplos. Aqui será um espaço para formar pessoas e produzir conteúdo que possa ser utilizado não só na rede de saúde, mas em outros espaços que necessitem de profissionais qualificados. Já estamos realizando a ampliação de estruturas físicas, mas acredito que a formação é o principal elemento para a estruturação da saúde”, avalia.

Já a coordenadora de ensino do Núcleo Psicopedagógico Institucional (NPI), professora Rosane Bruno Brum, ressalta que outro ponto importante é a relevância social da escola, pois dará condições dos profissionais competirem no mercado de trabalho. “Nosso município é uma das principais referências no setor de saúde do interior do Estado.  Uma das principais preocupações é a qualificação e a formação técnica de qualidade colocada à margem do processo de formação”, avalia Rosane.  Ela lembra que após a liberação da Coordenadoria Estadual de Educação, haverá o Edital de Publicação para as inscrições dos candidatos, Processo Seletivo em duas etapas, sendo elas a 1ª etapa como classificatória e a 2ª etapa eliminatória e posteriormente o período de matrícula dos candidatos aptos no processo seletivo. Somente depois de vencidas essas etapas começará o primeiro período letivo na Escola Técnica da Santa Casa.

“Queremos dar uma satisfação à comunidade, a grande expectativa do curso também é nossa enquanto empreendedores da educação/saúde, os prazos infelizmente não são somente definidos por nós, pois envolvem questões legais, de cunho burocrático, e setores públicos que avaliam e deferem a legalização do processo, sendo assim saibam que o compromisso assumido com a população segue em trâmite legal, obedecendo todas as etapas e o sonho está cada vez mais próximo de se tornar realidade, iniciaremos a primeira turma com o Curso Técnico em Enfermagem, mas  temos projetos de outros cursos técnicos na área da saúde. Enquanto isso, convidamos a todos para participarem dos cursos promovidos pelo nosso Núcleo Psicopedagógico Institucional (NPI) como o de Cuidador da Pessoa Idosa, que são referência no mercado de trabalho.  E em breve a segunda turma do Curso de Recepcionista”, convida a coordenadora.

A obra da Escola Técnica da Santa Casa contemplará salas de aula, auditório com capacidade para 100 pessoas, laboratórios, área administrativa, informática, biblioteca, diretoria, sanitários, cafeteria, entre outros.

Assessoria da Santa Casa

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.