Ser Ceva vence nas penalidades e levanta Copa dos Campeões

O Ser Ceva surpreendeu e venceu a final da 3ª edição da Copa dos Campeões, promovida pelo Palmeiras do Capão do Angico.

A final realizada no último sábado (9), no Estádio Farroupilha apontou o vencedor da Copa de 2018. Um mega troféu oferecido ao campeão motivou ambos os clubes.

Com o favoritismo ao seu lado, em virtude da boa campanha e até em relação ao confronto na fase classificatória, que o Nacional venceu o Ser Ceva por 2 a 0, dessa vez foi diferente.

Um jogo truncado de raríssimas chances de gols. O Ser Ceva foi aplicado, ousado e determinado a não sofrer gols. Teve por duas vezes a chance de marcar. O Nacional foi envolvido e pouco fez para sair vencedor do confronto.

Na disputa de pênaltis, o Ser Ceva foi competente e saiu em vantagem na série de cobranças garantindo o título da 3ª Copa dos Campeões.

O organizador Aparício Ringues distribuiu cerca 60 kg de carnes, troféu ao campeão e ainda distinção ao goleiro menos vazado e artilheiro.

A equipe do União ficou na terceira colocação. Já o goleiro e goleador foi do Nacional, time vice-campeão. O goleiro Ângelo Galgarotto sofreu apenas cinco gols, enquanto o artilheiro Dênio Martins anotou oito gols.

A Copa dos Campeões se consolidou com uma das principais competições pós torneios da categoria sênior especial. Um verdadeiro termômetro para a temporada 2018 da Liga Alegretense de Futebol.

Júlio Cesar Santos                                             Fotos: Valdir Knierim

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*