Setor de Sinalização preocupado com furto de placas

Tem sido frequente o furto de placas de sinalização na cidade. O setor de Sinalização da Secretaria de Segurança Pública tem quase que diariamente realizado a tarefa de recolocação de placas que são retiradas por atos de vandalismo. Conforme o diretor Arlei Porto, há meses em que são registrados até 14 furtos de placas, em algumas situações sumindo também a haste metálica de sustentação.

Nesta segunda-feira, foi recolocada uma placa de proibição de estacionamento na rua General Sampaio, após a Santa Casa, que também tinha sido furtada.

O município tem prejuízo com essas ocorrências porque cada placa tem um custo que varia de R$ 115 a R$ 145, acrescentando a isto o preço dos parafusos para fixação, a concretagem da haste de sustentação das placas e o custo dos servidores envolvidos, chegando ao valor aproximado de R$ 250. A despesa / mês para a média de placas furtadas pode chegar a mais de R$ 3 mil.

Para onde vão as placas furtadas é tarefa que exige a colaboração de cada um. Mas o Setor de Sinalização da Prefeitura está muito atento ao problema e busca saber o destino desse material. Pode até servir como objeto de decoração na parede da sala de uma casa, como foi possível constatar através de uma visualização na Internet.

DPCom PMA

Compartilhe
  • 73
  •  
  •  
  •  
  •  
    73
    Shares
Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*