Sicredi Pampa Gaúcho já iníciou as Assembleias 2019

A Sicredi Pampa Gaúcho tem o seu período de Assembleias de 11 a 29 de março, nos 10 municípios de sua área de atuação. A Assembleia Geral Ordinária acontece em 13 de abril, na Superintendência Regional, em Alegrete.

A primeira assembleia do ciclo aconteceu ontem (11), no município de Manoel Viana, no CTG Sentinela das Missões. Na oportunidade, o presidente da Cooperativa, José Antônio Menezes, acompanhado do gerente da agência, Ederson Lopes de Souza, apresentaram os números da agência e da Cooperativa, quando os associados aprovaram as contas.

Na próxima semana, nos dias 18 e 19, é a vez dos associados das agências Centro e Cidade Alta, de Alegrete, reunirem-se, no CTG Farroupilha.

Ao comparecer na Assembleia, o associado exerce os princípios cooperativos, recebendo informação e, principalmente, auxiliando a decidir os rumos da cooperativa.

“A participação do associado nas Assembleias é fundamental para transformar o seu município. Aqui na Sicredi Pampa Gaúcho todo o investimento do associado é revertido no desenvolvimento da economia local. Desta forma a rede de negócios é fortalecida, beneficiando a comunidade. Além disso, o associado também recebe a sua parte proporcional aos resultados do período”, explica Menezes.

Valor “S”

Além do desempenho financeiro da agência de Manoel Viana, na assembleia do município aconteceu a entrega dos recursos financeiros do Valor “S”. Os projetos contemplados em Manoel Viana foram Inclusão digital nas escolas, Pomar doméstico, Mulheres empreendedoras, Gastronomia e Castração solidária.

O Valor “S” é uma iniciativa da Sicredi Pampa Gaúcho, que veio para mudar a realidade da região. Nesse primeiro ano do Valor “S”, foram inscritos 241 projetos nas áreas de educação e cultura, segurança, saúde e empreendedorismo. “Uma instituição financeira cooperativa forte é capaz de promover mudanças na região onde atua. O grande impacto local é resultado do fluxo de recursos financeiros que giram nas nossas comunidades”, destaca o diretor Executivo da Cooperativa, Henrique Camargo de Assis. “A partir da relação de parceria, associado e cooperativa crescem juntos e, por consequência, a comunidade se desenvolve”, destaca.

Na próxima semana, a comunidade alegretense conhecerá os projetos aprovados no município e que receberão nas assembleias, os recursos que vão contribuir com o desenvolvimento da região.

Assessora de Comunicação e Marketing

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*