Sinagoga é atacada por vândalos pela quinta vez em seis meses em Pelotas


Além de pichar as paredes externas, vândalos colocaram fogo na porta. Chamas também atingiram parte da área interna do templo, danificando paredes, portas de madeira e vidro e a instalação elétrica.

Uma sinagoga foi atacada na madrugada desta quinta-feira (17) em Pelotas, no Sul do Rio Grande do Sul. De acordo com os responsáveis pelo templo religioso, foi o quinto ataque ao local em seis meses. O caso será registrado na Polícia Civil.

Além de pichar as paredes externas, vândalos colocaram fogo na porta. Chamas também atingiram parte da área interna do templo, danificando paredes, portas de madeira e vidro e a instalação elétrica.

Templo religioso ficou danificado depois de sofrer ataque em Pelotas (Foto: Reprodução/RBS TV)

Templo religioso ficou danificado depois de sofrer ataque em Pelotas (Foto: Reprodução/RBS TV)

Por meio de nota, a Federação Israelita do Rio Grande do Sul (Firs) repudiou o ato, que considerou um “atentado” sofrido pela Sociedade Israelita de Pelotas (SIP). A entidade diz que, em conjunto com a Confederação Israelita do Brasil (CONIB), toma providências junto às autoridades para identificar os culpados.

“Não toleraremos esse tipo atitude. Um atentado dessa magnitude é uma afronta contra o estado democrático de direito, contra a liberdade de expressão e de religião, além de ser um alerta de que os discursos de ódio estão passando da teoria para a prática, importando um conflito que não é dos brasileiros e colocando em risco toda a nossa sociedade”, afirma o presidente da Firs, Zalmir Chwartzmann.

Fonte: G1

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*