Sobe para quatro o número de casos de dengue contraídos no RS em 2019

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou nesta sexta-feira (8) mais dois casos de dengue contraídos dentro do Rio Grande do Sul, nas cidades de Marau e Erval Seco, na Região Norte. No total, já são quatro casos autóctones registrados em 2019 no estado.

Outros dois casos já haviam sido registrados anteriormente na região, em Panambi e Cândido Godói. Além desses, considerando os casos importados, quando a doença é adquirida fora do estado, mais oito gaúchos pegaram dengue no ano.

A transmissão da dengue, zika e chikungunya ocorre pela picada da fêmea do Aedes aegypti. O mosquito tem hábitos diurnos e se alimenta de sangue humano principalmente ao amanhecer e ao entardecer.

A infestação por Aedes aegypti no Rio Grande do Sul passou de 62 municípios em 2010 para 320 atualmente, o que equivale a uma população de mais de 9,7 milhões de pessoas, ou 86% da população do estado.

Para se reproduzir, o inseto precisa de locais com água parada, onde ele deposita os ovos. O verão, com as altas temperaturas e o aumento das chuvas, é propício para a proliferação do mosquito.

Fonte: G1

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*