Suspeita de roubar R$ 500 mil em joias em Tupanciretã é presa em Santa Maria

Crime aconteceu em junho do ano passado

A Polícia Civil cumpriu três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva, na manhã desta segunda-feira, em Santa Maria. Os policiais estiveram em três residências nos Bairros Tomazetti, São José e Passo D’Areia. Intitulada Operação Jocalis, a ação resultou na prisão de uma mulher de 41 anos, suspeita de participar de um roubo a residência em Tupanciretã, em junho do ano passado.

Outro suspeito de ter participado do mesmo crime, um homem de 35 anos, também tinha contra si um mandado de prisão. No entanto, o suspeito já está recolhido à Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm) por suspeita de furto a uma agência bancária em Agudo.

Os dois teriam levado R$ 4 mil em dinheiro e joias avaliadas em R$ 500 mil – as joias eram vendidas pela dona da casa. De acordo com o delegado Adriano de Rossi, titular da delegacia de Tupanciretã, para entrar na residência, o casal fingiu interesse em comprar as joias da vendedora. Os produtos e o dinheiro não foram recuperados.

Participaram da operação 15 agentes da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), da 2ª Delegacia de Polícia e Serviço de Inteligência Policial e Análise Criminal (Sipac) de Santa Maria e policiais da Delegacia de Tupanciretã.

A mulher foi recolhida ao Presídio Regional de Santa Maria. A Polícia ainda investiga a participação de uma terceira pessoa no roubo, que seria o motorista que teria esperado a dupla no dia do roubo.

Fonte: Diário de Santa Maria

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.