Tragédia na RSC 377 deixa familiares e comunidade consternados


As vítimas do acidente trágico na RSC 377, ocorrido na noite de domingo (8), foram identificadas. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, Teodoro Valdir Dorneles Machado, de 71 anos, e Ozaide de Souza Machado, de 67 anos, morreram no local. O acidente aconteceu por volta das 20h50min.

A notícia consternou a Vila do Passo Novo e Alegrete. Fundador da vidraçaria Real, Teodoro, passou a empresa para um dos filhos quando se aposentou. O empresário sempre foi muito atuante e realizou inúmeras ações em benefício da comunidade. Patrão do CTG Nico Dorneles, por dois anos, o tradicionalista fazia parte do Conselho Fiscal. Apaixonado pelo tradicionalismo estava sempre presente nos eventos. O casal deixa cinco filhos e netos.

A Prefeita, Cleni Paz, lamentou a morte do casal. “Pessoas não só amigas mas de grande importância na minha vida, sempre estiveram ao meu lado em todos os momentos.
Descanse em PAZ seu Valdir Machado e Ozaide, que Deus conforte o coração dos seus familiares”.

 

O acidente:

De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar, o Renault Clio, com placas de Alegrete, invadiu a pista e foi abalroado pelo caminhão Bitrem. Com o impacto, o veículo foi arremessado para margem direita da rodovia. No caminhão Volvo estavam o motorista, de 50 anos, e a esposa, ninguém se feriu.

O Clio trafegava sentido Manoel Viana/Passo Novo. O motorista do caminhão disse aos policiais que percebeu o momento em que o carro foi para o acostamento, depois seguiu em zigue-zague e foi em direção ao veículo. O caminhoneiro falou que tentou frear mas não conseguiu e abalroou o Clio. O acidente foi KM 378 da RSC 377, cerca de 300 metros da entrada do Passo Novo. O casal de idosos morreu na hora, eles ficaram presos nas ferragens.

Um irmão do idoso que mora na localidade conhecida como 29 falou que o casal havia saído da casa dele.

 

O Soldado Mertens  do 26º PEL PE(Polícia do Exército) estava num ônibus da Planalto que chegou no local pouco depois do acidente. Ele auxiliou no trânsito, isolou a área e comunicou os Bombeiros. A soldado Angélica da Brigada Militar de Alegrete, também , estava no interurbano e fez contato com a sala para acionar socorro. Eles foram os primeiros a chegarem no acidente. A Perícia foi acionada de Santana do Livramento.

O Comando Rodoviário da Brigada Militar foi comunicado e atendeu a ocorrência. Uma viatura da Brigada Militar de Alegrete, também, esteve no local, assim como os Bombeiros, SAMU e uma ambulância de Manoel Viana. As causas do acidente serão avaliadas pela Perícia.

As últimas homenagens serão prestadas na Funerária Angelus da rua Daltro Filho, a previsão do início do velório é para às 14h. O sepultamento que vai acontecer, às 16h30 min., no Cemitério do Passo Novo.

 

Flaviane Favero

Fotos: Flaviane Favero

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*