Uso irregular das vagas prejudica o uso racional do Estacionamento Rotativo


O estacionamento desproporcional ocupa, muitas vezes, duas vagas e prejudica outros condutores que estão em busca de espaço na área central.

Segundo a gerente da Unidade do Estacionamento Rotativo, Patricia Gediel, a empresa enfrenta uma dificuldade maior na Praça Getúlio Vargas, em frente ao Banrisul, e na Rua dos Andradas, que também há flagrantes mais recorrentes.

Nesses casos, devido ao sistema não aceitar duas cobranças simultâneas, na mesma placa, a PR Parking e os motoristas que ficam rodando, às vezes, mais de duas ou três quadras para encontrar vagas, são lesados.

Se um motorista estaciona de forma irregular isso obriga que os demais também fiquem na mesma situação. Ou até mesmo ocupar uma vaga não compatível com o veículo. Não só no estacionamento rotativo, mas em todas as regiões da cidade o estacionamento irregular continua sendo o campeão de multas.

Outro flagrante é quanto a distância entre o cordão e a rua. Neste caso o risco é de veículos ao realizarem manobras venham a atingir outros carros provando acidentes. Este foi na rua General Sampaio.

Um exemplo, na manhã de sábado, 13, em que a Guarda Municipal foi acionada na rua Mestre Cacaio, prolongamento da Rua dos Andradas.

No local havia uma caminhonete Ford Ranger estacionada na contramão da via. Neste caso o proprietário é autuado, mas o veículo não é recolhido. Porém ao verificar no sistema integrado ao Detran, os guardas municipais identificaram que o licenciamento estava atrasado desde o ano de 2015. A Ford foi recolhida ao Depósito do Detran.

O proprietário não foi localizado e não compareceu no local.

 

Compartilhar

Curta nossa Fan Page

3 Comentários

  1. A incidência de “barbeiros do trânsito” em Alegrete é algo alarmante. Só a reportagem mostrou vários. E quando dobram nas esquinas sem dar sinal. E sem fiscalização fica ainda pior.

  2. Não faltava mais nada, agora o motorista além de buscar uma vaga para estacionar ainda tem que levar uma “Lupa” para verificar se esta dentro do limite estabelecido. É o fim da picada, o que essa empresa tem que fazer não faz, que é manter os limites divisórios bem claros, pintados com frequência, para que o condutor saiba onde colocar seu veículo…

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*