Vendedor de livros é difamado e caluniado em redes sociais

Um caso de calúnia e difamação foi registrado na Delegacia de Polícia na última segunda-feira (11).

No período da tarde um vendedor de livros tomou conhecimento que haviam postagens em uma rede social denegrindo sua imagem.

20160713_052514-1-1

Segundo informações, o homem de 45 anos foi alvo de um perfil fake(perfil falso) no facebook, que, com fotos retiradas na internet, acusava-o de estuprador.

A postagem publicada em um grupo denominado Alegrete-RS dava conta que ele estava preso após manter relações sexuais com uma menor de idade. O nome de uma mulher no perfil fake dizia que ele estava na UPA após ser agredido por policiais.

20160713_052753

Inúmeros comentários ofensivos dos componentes do grupo expuseram ele, a família e o trabalho da vítima.

O vendedor descobriu o verdadeiro responsável pelas postagens e entregou na Delegacia de Polícia, cópias de fotos e comentários postados contra ele.

Um jovem de 20 anos é o acusado e vai ser alvo de uma ação na Defensoria Pública. Acompanhado de um advogado o homem pediu representação criminal e o caso vai ser encaminhado à Justiça.

 

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *