Vereador solicita que DAER repasse à Prefeitura, máquinas paradas e sem uso

No pátio do DAER, em Alegrete, estão muitas máquinas paradas, entre caminhões, patrolas e retroescavadeiras.

O engenheiro superintendente regional, Paulo de Tarso Maister, diz que existem três situações: As máquinas em uso nos serviços do Departamento; as que funcionam, mas não estão em uso e a terceira situação, as máquinas classificadas como sucatas.

Ele informa que foi feito um relatório a pedido do Diretor Geral, quanto ao maquinário existente na sede do DAER em Alegrete.

O engenheiro informa que não existe nada definido quanto a sessão de uso do que está em condições e sem atividades e que possa ser usado pelo Município. Já o que é considerado sucata a política é ir a leilão pelo próprio DAER, afirma.

O presidente da Câmara, vereador Cléo Severo Trindade, estava buscando informações da possibilidade das máquinas sem uso ou sucata pudessem ser repassadas ao Município, ajudando assim no trabalho de manutenção de ruas ou estradas de Alegrete.

Vera Soares Pedroso

Compartilhe
  • 181
  •  
  •  
  •  
  •  
    181
    Shares

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será divulgado.


*