Vereador Zé Paulo fala do porquê de tanta demora na implantação do estacionamento rotativo em Alegrete

O Portal Alegrete Tudo recebeu na tarde desta quinta-feira o vereador  Zé Paulo que falou sobre os motivos da demora na implantação do estacionamento rotativo em nossa cidade. 

 

ze paulo

 

Portal Alegrete: Vereador, já é de conhecimento da população que desde 2011 o projeto do estacionamento rotativo foi aprovado em nossa cidade, no entanto, até agora não está em vigor. Quais os motivos de tanta demora?

Vereador Zé Paulo: Em primeiro lugar ao levantarmos a questão do estacionamento rotativo devemos ressaltar que isso é uma demanda geral, de outras cidades, do Brasil como um todo, e que esse sistema não irá resolver totalmente os problemas do trânsito, mas com certeza irá melhorar a atual situação. Em relação à demora, precisamos entender que como esse projeto já estava na casa desde 2011, e que existe uma lei que o assegura, os valores que foram estipulados na época ficaram defasados com o passar do tempo. Na ocasião foi estipulado o valor de 1,00, mas isso há 3 anos atrás. E, agora, como precisa passar pelo legislativo, é necessário fazer um alteração nessa lei. 

 

Portal Alegrete: qual a posição da Câmara em relação ao projeto em questão?

Vereador Zé Paulo: Nós do legislativo apoiamos sim o estacionamento rotativo. E, as possíveis alterações que poderão acontecer para melhor adequarmos o sistema à nossa realidade, estaremos trabalhando para isso.

 

Portal Alegrete: Como você a opinião da população sobre o sistema? 

Vereador Zé Paulo: Creio que a maior parte da população é a favor do estacionamento. E é evidente que haverá um tempo para até que se adaptem ao sistema. A população precisa se conscientizar de que isso é uma necessidade. O estacionamento rotativo vem para “democratizar o espaço”, pois o cidadão não pode estacionar o seu carro às 7:00 da manhã e deixar até às 18:00 da noite.

 

 

 

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *