Vizinho relata agressões frequentes contra criança em Santa Maria

Pai e madrasta são suspeitos de terem cometido crime

 criança espancada
Um bebê de um ano e nove meses foi vítima de agressões nessa sexta-feira em Santa Maria. Segundo informações da Brigada Militar (BM), o crime ocorreu no bairro Divina Providência e os principais suspeitos seriam o pai da criança e a madrasta. Conforme um vizinho do casal, as agressões contra criança eram frequentes na casa. “Já teve outros episódios de agressões. Eu mesmo já denunciei uma vez”, disse.  

A conselheira tutelar Gislaine Pavão afirmou que ficou chocada ao ver o estado da criança após o espancamento. “Sou experiente neste tipo de situações, mas nunca tinha visto algo parecido. A criança estava toda machucada”, declarou. 

Segundo Gislaine, a madrasta teria dito que a criança deveria ser levada “porque um dia sairia morta da casa”. Conforme a BM, o casal suspeito foi preso em flagrante na noite de ontem. A mãe do bebê foi buscá-lo após a denúncia e levou a criança a um hospital da região. A conselheira confirmou que as agressões eram frequentes e o pai costumava vestir o bebê para esconder os hematomas pelo corpo. 
Fonte: Correio do Povo
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *